Armazenagem refrigerada: o que saber antes de contratar

O mercado de cargas refrigeradas e, respectivamente, da cadeia de frio, esteve em ascensão nos últimos anos no Brasil. Em um país com dimensões continentais como o nosso, garantir que um produto seja mantido em uma temperatura estável durante todas as etapas do ciclo logístico é um desafio que exige uma ampla malha de operadores especializados para tanto.

Empresas que lidam com produtos perecíveis e sensíveis a altas temperaturas, como alimentos in natura ou processados, cosméticos, farmacêuticos, velas, obras de arte, entre outras, precisam estar muito atentas na hora de escolher um local adequado para armazenar o seu estoque, já que isso influenciará diretamente na qualidade das suas mercadorias.

A cadeia de frio

O grande desafio da cadeia de frio (ou rede de frio) é manter a temperatura controlada de produtos sensíveis à variação térmica, durante todo o seu percurso entre a produção e o consumo

Esse conceito envolve todos os processos e estruturas criadas para garantir a qualidade dos produtos que necessitam de temperatura controlada, durante a atividade logística.

Faz parte da cadeia de frio:

  • Transporte;
  • Armazenagem;
  • Equipamentos especializados;
  • Equipe especializada;
  • Tecnologias e sistemas para monitorar e gerir a temperatura constantemente;
  • Implantação de procedimentos-padrão específicos para todos os profissionais envolvidos no processo.

O sucesso da gestão da cadeia de frio passa pela adequação de ambientes à variação de temperatura, por um rigoroso controle sobre as suas variáveis e por um alto nível de cuidado e investimentos para garantir a qualidade da operação e, consequentemente, das mercadorias envolvidas.

Armazenagem refrigerada e os níveis de refrigeração

A diferença entre a armazenagem seca e a armazenagem refrigerada está justamente no controle da temperatura dentro de uma determinada estrutura física. Nos armazéns, podem ser usadas câmaras frias, salas frias, ou a estrutura de um galpão inteiro. Varia da necessidade da indústria e do operador logístico que a oferece.

O armazenamento a frio preserva a integridade do produto armazenado, aumenta a sua segurança e higiene e ainda permite um maior controle da produção e da gestão de estoque, possibilitando equilibrar a oferta de acordo com a demanda do mercado.

Os níveis de refrigeração que existem no mercado de armazenagem são basicamente os seguintes:

  • Temperatura controlada (entre 10ºC e 18ºC): para produtos que sofrem com altas temperaturas, como frutas, vegetais, sementes, alguns tipos de cosméticos, produtos químicos e obras de arte;
  • Resfriado (entre 0ºC e 10ºC): ideal para produtos que precisam ser conservados no frio, mas que não necessitam ser congelados, como laticínios, carnes frescas, embutidos, algumas frutas, hortaliças e oleaginosas, vacinas e medicamentos;
  • Congelada (entre -25ºC e 0ºC): para alimentos congelados em geral, como carnes, sorvetes, pizzas, lasanha, tortas, etc.
  • Túnel de Congelamento (entre -45ºC e -25ºC): utilizado na indústria, serve para um processo de congelamento rápido dos produtos, que entram nesse túnel com a temperatura em que foram fabricados e saem congelados na temperatura em que deverão ser mantidos. Não é utilizado para o processo de armazenagem em si.

O que considerar ao escolher um armazém refrigerado

Entendendo o conceito da cadeia de frio e da armazenagem refrigerada, é hora de pensar nos atributos necessários para escolher o local ideal para armazenar os seus produtos e as especificações que deve atender.

Separamos a seguir alguns fatores que consideramos relevantes:

Qual o nível de refrigeração que a sua carga precisa?

O primeiro passo é entender o grau de resfriamento em que a sua carga precisa ser mantida. Existem armazéns que só trabalham com temperatura controlada, outros só com congelados e, ainda, alguns que oferecem espaços com diferentes níveis de refrigeração.

Quanto de espaço de armazenagem refrigerada é necessário para manter o seu estoque?

Isso serve para qualquer processo de armazenagem, seca ou resfriada. É preciso determinar qual espaço o estoque frio irá ocupar no operador logístico, em metros cúbicos ou paletes. Dependendo do volume armazenado, uma câmara fria ou uma sala refrigerada já solucionaria a questão.

Qual a estrutura necessária para receber, manter e movimentar o seu produto refrigerado?

Existem produtos que além de necessitarem de um ambiente refrigerado, também precisam do controle da umidade para evitar mofos ou uma deterioração mais acelerada. Para esses casos é necessário averiguar se o operador logístico contratado possui sistemas que controlam a umidade no local.

Outra questão que deve ser analisada é em relação à carga e à descarga dos produtos. É preciso entender onde esses processos ocorrem e com que agilidade. Existe uma área com temperatura controlada para essas operações? Se não, quanto tempo elas duram e em que situação? O seu produto aguenta ficar quanto tempo em temperatura ambiente sem que seja danificado? É sempre importante pensar em todas as etapas para não haver perdas no caminho.

Certificações

Normalmente, os galpões logísticos que armazenam carga fria são certificados pela ANVISA e precisam cumprir uma série de medidas padrão de segurança para garantir a manutenção da temperatura e a integridade do estoque. 

Outros serviços da cadeia de frio

Muitos operadores logísticos que trabalham na cadeia de frio oferecerem uma solução logística completa dentro da rede, incluindo o transporte refrigerado

Como na armazenagem, existem caminhões equipados para receber cargas com diferentes níveis de refrigeração. Por isso, é importante averiguar essa questão antes de contratar uma transportadora. 

A rede de operadores logísticos da Stokki oferece diversas soluções para armazenagem e transporte de cargas frias, em vários locais do Brasil. Entre em contato conosco e saiba mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.